segunda-feira, 23 de março de 2009

Roberto Bach

"A minha música é feita para deixar o caboclo com depressão"

"Eu sou um mendigo de elite, não me misturo."

"Tem gente que coleciona carros, eu coleciono desgostos."

"Tem artista que vinga e depois cai na desgraça. Eu não. Comecei na mingua e estou assim até hoje."

"Eu sou um desvingado. Detesto gente feliz."

"Eu faço música pra melhorar a humanidade."

"A maconha causa duas coisas: esquecimento e outra que não me lembro."

7 comentários:

Anônimo disse...

hauiahuiahuaiha
esse eh o roberto q conhesso!!!
genio da nossa música!!!

Maria Angelita disse...

Hum!Hum!Roberto, meu filho, depois de 12 dias de reflexão, aceito me casar com vc!!! O local do enlace é que eu gostaria de descutir com vc!!! Prefiro uma capela!!!

Roberto Antonio disse...

Como é que eu lhe acho Angelita para levar a cabo essa união?

Viviane Trevisan disse...

Oi Td bem, bom não sei se vc se lembra de mim mas sou sua sobrinha Viviane, filha da Therezinha sua irmã, gostaria de saber noticias suas estamos com saudades nunca mas apareceu aqui em Americana para nos visitar, queriamos saber se vc esta bem aonde mora mande noticias ta bom bjs

hsferrari disse...

Viviane, agora 21:00 31/03/2011, o seu Tio está na Padaria Guanabara em São Carlos. Bati um papo com ele e pode ter certeza, ele está bem. Aliais, os quadros dele são lindos. Qualquer coisa o meu e-mail é hsferrari@hotmail.com

baba disse...

Todos que curtem literatura e desejam conhecer melhor a história brasileira precisa ler "Os Sertões", de Euclides da Cunha, um livro para se informar e até chorar; parabéns Bach pela musicalização de trechos de "Os Sertões".

Babá

Unknown disse...

Roberto e um grande amigo que esteve aki em Pirapora-mg
a braço do amigo Derao